Pular para o conteúdo principal

Vida longa aos observadores de aves!

23 / 05 / 2018

alessandro

Exposição "SERRA DA CANASTRA: refúgio das aves do cerrado" no Avistar Brasil
Exposição "SERRA DA CANASTRA: refúgio das aves do cerrado" no Avistar Brasil - Instituto Butantã - São Paulo SP.

 

Maio de 2008. Eu participava do meu primeiro Avistar. Naquela época já atuava como guia de observação de natureza na Canastra e colecionava registros fotográficos das belezas naturais da minha terra, mas ainda não tinha a dimensão do que viria a se tornar a observação de aves no Brasil e na minha vida em um futuro tão próximo. Durante o evento daquele ano, pela primeira vez conheci pessoalmente um monte de gente, alguns dos quais viriam a se tornaram amigos do peito. Assisti palestras, participei de atividades, lançamentos de livros inspiradores, e me lembro de ter pensado que talvez no futuro pudesse estar de volta àquele evento, quem sabe apresentando o meu trabalho na forma de um livro que falasse de duas de minhas grandes paixões, as aves e a Serra da Canastra.

Falando sobre passarinhos e conservação na Serra da Canastra
Falando sobre passarinhos e apresentando o livro "SERRA DA CANASTRA: refúgio das aves do cerrado".

 

A Serra da Canastra é um dos mais tradicionais destinos de observação de aves do Brasil.
Discutindo birdwatching, meio ambiente e conservação da Serra da Canastra.

 

Apresentando a exposição ao programa "Terra da Gente"
Apresentando a exposição ao programa "Terra da Gente". Foto: Camila Machado.

 

Maio de 2018. Exatamente dez anos se passaram. Muitas amizades nasceram e se consolidaram, experiências foram compartilhadas, projetos sonhados (alguns executados, outros ficaram pelo caminho) prêmios recebidos... ao longo desses dez anos, a observação de aves só me trouxe alegrias e  me colocou em contato com pessoas incríveis, que eu jamais conheceria, não fosse a paixão em comum pelos fantásticos seres emplumados.

Tudo graças ao idealismo de pessoas que tomam a divulgação e defesa da natureza como lema de vida. Tem sido bonito ver como a comunidade de observadores no Brasil tem crescido de forma unida e ao mesmo tempo coesa e diversa.

Por isso, hoje, apresentar o meu trabalho neste evento tão significativo para a comunidade de amantes da natureza brasileira é para mim, sobretudo, uma realização pessoal.

Parabéns e obrigado a todos que de alguma forma fazem parte dessa jornada.

Vida longa ao Avistar! Vida longa à observação de aves! Vida Longa à Serra da Canastra!

Com o amigo Luciano Lima, autor do livro "Aves de Paraty". Foto: Camila Machado.
Com o amigo Luciano Lima, autor do livro "Aves de Paraty". Foto: Camila Machado.

 

João Marcos Rosa e Gustavo Nolasco: Jardins da Arara de Lear.
João Marcos Rosa e Gustavo Nolasco: Jardins da Arara de Lear.

 

Alessandro, Luciano, Norton, Lorena e Luis: Aves como inspiração.
Autores: Alessandro, Luciano, Norton, Lorena e Luis: Aves como inspiração.

 

Artistas de Sacramento MG se destacaram no evento.
Artistas de Sacramento MG se destacaram no evento.

 

Arte em grafite do artista Denis Balduino.
Arte em grafite do artista Denis Balduino.

 

E aquele momento que faz tudo valer a pena!
E aquele momento que faz tudo valer a pena!

 

Conheça o livro "SERRA DA CANASTRA: Refúgio das Aves do Cerrado".